terça-feira, 25 de agosto de 2009

Aprendi...

Aprendi que aconteça o que acontecer pode até parecer
Ruím hoje....
Mas, a vida continua e amanhã melhora!

Aprendi que da para aprender muita coisa a respeito de uma pessoa
Observando como ela lida com três coisas: “Com as bagagens perdidas, com as Luzes de árvore de Natal emboladas e Com o dia de chuva!”


Aprendi que independentemente das relações
que você tenha como os seus pais,
Você irá sentir saudades deles quando eles se forem!

Eu aprendi que ganhar na vida, não é o mesmo que ter uma vida boa.
Eu aprendi que a vida as vezes nos oferece uma
Segunda oportunidade!

Eu aprendi que a gente não deve viver tentando agarrar tudo
pela vida a fora. Tem que saber abrir mão,
para algumas coisas!

Aprendi que quando decido alguma coisa com o coração
Em geral venha ser a decisão correcta!

Eu aprendi também que quando tenho dores
Eu não tenho que ser um saco para ninguém!

Aprendi que todos os dias a gente deve estender a mão e tocar alguém.
As pessoas adoram um abraço apertado ou mesmo aquele tapinha nas costas de carinho


Eu aprendi que eu ainda tenho muito, muito que aprender.
Eu aprendi que as pessoas esquecem o que você diz, esquecem o que você faz...
mas não esquecem como você faz para que eles não te esquecam!



Maya Angelo
com enorme carinho de sempre
Rosa Amiga Iana!!!

15 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA E MARAVILHOSA IANA... LINDA ESTA TUA POSTAGEM... SIMPLESMENTE ADOREI... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Sonia Schmorantz disse...

Para que o novo aconteça, antes é necessário abrir caminho, e nesse abrir caminhos vem os rompimentos que entristecem, mas que depois entendemos as razões...
beijo

Whispers disse...

Ola linda!

Um momento de aprender....e depois tentar viver tudo que se aprendeu.
Ainda bem que esta de volta, e bom te ler
Mil beijos
Rachel

ParadoXos disse...

é tãooo lindo este lugar!!
sinceramente.


beijos

Úrsula Avner disse...

Oi Iana, expessivas e reflexivas mensagens sempre adornadas por belas imagens. Bj.

Auíri Au disse...

Estava precisando ler isso.
Amanhã, vai ser outro dia...
Saudades!
Beijos

anareis disse...

Querida(o) nova(o) amiga(o), estou precisando muito de novos amigos pra me auxiliarem no meu projeto. Estou criando uma minibiblioteca comunitária e outras atividades pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui na minha comunidade carente no Rio de Janeiro,eu sózinha não conseguirei,mas com a ajuda dos amigos sim. Já comprei 120 livros e também ganhei livros até de portugal dos meus amigos dos meus blogs:Eulucinha.blogspot.com ,se quiser pode visitar meus blogs do google,ficarei muito contente. A campanha de doações que estou fazendo pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 ou pode doar livros ou pode doar máquina de costura ou pode doar retalhos,ou pode doar computadores usados. Qualquer tipo de doação será bemvinda é só mandar-me um email para: asilvareis10@gmail.com , eu darei o endereço de remessa. As doações em dinheiro serão destinadas a compra de livros,material de construção,estantes,mesas,cadeiras,alimentos,etc. Se voce puder arrecadar doações para doar ao meu projeto serei eternamente grata. Muito obrigado pela sua atenção.

Vieira Calado disse...

Com o tempo aprendemos...

Muito sentido, este seu poema

Bjs

Desnuda disse...

Maravilhoso, Iana! Aprendendo sempre, querida. Obrigada.


Carinhoso beijo

Persida Silva disse...

Amiga Iane, tem um selo no blog cristão que te ofereço com amizade, vem buscá-lo. http://unidosnoamor.blogspot.com

lua prateada disse...

É verdade amiga, estamos sempre a aprender até ao último suspiro...e na realidade por vezes se sofre tanto e pensamos ser tão injusto...portanto tempos, anos depois nos damos conta que se aquilo não tivesse acontecido, hoje não saberiamos dar valor a outras coisas..
Beijinho prateado

SOL

Valdemir Reis disse...

Olá amiga Iana.
Aproveito e venho matar a saudade fazendo uma visita. Valeu chegar até aqui! Confesso que gostaria de voltar com mais freqüência, porém o “MBA” continua firme e o tempo ficou muito dividido, entretanto organizei momentos para visitar os preciosos amigos(as). Na oportunidade quero compartilhar de Machado de Assis o poema: “BONS AMIGOS. Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir. Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende. Amigo a gente sente! Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar. Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende. Amigo a gente entende! Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar. Porque amigo sofre e chora. Amigo não tem hora pra consolar! Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade. Porque amigo é a direção. Amigo é a base quando falta o chão! Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros. Porque amigos são herdeiros da real sagacidade. Ter amigos é a melhor cumplicidade! Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho, há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!” Desejo um ótimo fim de semana. Muito sucesso, muita paz e luz. Brilhe sempre! Fique com Deus. Felicidades.
Valdemir Reis

Mari disse...

Lana, que saudade!
Estou retomando a visita aos amigos. Espero que esteja bem.
Beijos, está tudo muito lindo e florido por aqui, rs!

ZezinhoMota disse...

Iana.

Então como estás minha amiga?

Espero que estejas com boa disposição para escreveres aquelas palavras tão bonitas e que tanto gosto.

Bom fim de semana.

beijos do ZezinhoMota

gaivota disse...

neste mesmo dia, 25 de agosto, pelas 19.07 aprendi o gosto de ser avó mais umavez, o meu 5º neto nasceu! é o vicente, lindooooooooooooo
vai espreitá-lo!
beijinhos