terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Era Para Ficar Um Pouco Mais...





ouve no silêncio da madrugada meu grito

É de amor que choro, que suplico...

Por favor não vá...

Prometo te amar mesmo no amanhecer

Na alegria e na dor... mas, fica aqui...

A distância mostra a tua ausência

Por favor não esqueça, “Leva o meu Coração”

Assim vou estar em qualquer lugar a ti aquecer...

Mas, amor, não vá... fica... fica...

O que queres mais que eu prometa...? diz.. diz?

Lembra dos nossos planos? Eles estão se perdendo

Na angústia e nas lágrimas que ao partir você em mim deixou...

porquê partir? Para quê? Se era tão bom estar aqui...

Trás meu sorriso de volta,.. a alegria que se perdeu

No dia em que você decidiu partir... e, eu gritei “FICA”

Foi em vão...

E quando a noite caí vem o frio e a solidão toma conta

E o meu olhar vai te buscar nas estrelas do céu

que mesmo nublado consigo ver-te...

Eu to perdendo a cor em tristeza

Volta e vem me acalmar... estou pedindo demais?

Poderia ter ficado aqui um pouco mais...

E, agora o que vou fazer? Diz? Esqueci amor que já não me podes

ouvir... não posso te tocar... não podes me sentir...

Nem meu grito de amor chegara em ti...

Então pergunto-te; porquê, partiu sem mim?

Para que gritar, fica.. fica... sendo que já esta aqui

Dentro desse peito morando num coração que dói

Sangra e chora... e todos os dias sente a sua partida

Como se fosse nesta mesma hora...

Com a sua partida a rosa murchou

os espinhos gravaram no peito

Suas gotinhas não regam mais

E o jardim do nosso amor as portas fechou

Deixando-me aqui só, há morrer de amor...

Iana Silva!!!


24 comentários:

Desnuda disse...

Querida Rosa Iana,

um poema triste pela saudade. Mas o que o coração sente as almas sentem. O amor verdadeiro, não importa a duração, é um laço eterno. Você é linda e jovem querida. Cada amor é único, mas felizmente nunca se esgota em nosso peito. Felicidades sempre querida e linda amiga.


Beijos com carinho

Manu Almeida disse...

Quando o amor insiste em partir, devemos permitir, lágrimas súplicas são naturais, mas devemos tirar proveito da dor, aprendi muito com quem por mais sofri, aprendi que pessoas certas não existem aprendi que só existe uma face que pra sempre estará com você, é a sua própria, então ela é que vc terá que valorizar. Se cuida rosa, não se machuca, estarei aqui sempre que puder! BEijosss!!!

Ingrid disse...

iana,
embora de dor e saudade tuas palavras enchem o ar e os corações!
grande beijo.

Blue disse...

Percebo saudades nestes versos. E se ficaram as lembranças, mostra que tudo valeu a pena!

Obrigado pela apresentação, moça do Norte do Paraná. E então morastes em Curitiba, que legal. Moro numa chácara, arredores da cidade.

Beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

A.S. disse...

Iana,

Na ânsia das tuas palavras
Sinto o prazer
de navegar nas brisas interditas,
que fazem as delícias de lábios sequiosos…


Beijos!

Déya... disse...

lindo!
quem sente essa saudade sabe....:(
bjo Rosa minha.

Corações e Segredos disse...

Obrigada pela visita amiga!!
Ando meia sem tempo tb de visitar os amigos, mas vcs moram no meu coração,,
Beijos

Xana disse...

Esse amor até pode ter partido, mas a fonte do querer não seca, temos de a tratar e ouvir para voltar a ter força para jorrar.

beijinhos

Dois Rios disse...

Minha linda e doce Iana!

A sua poesia é uma súplica. Um lamento. Uma dor que grita no silêncio e no vazio de uma ausência.

Como é triste perder um amor, meu Deus! Quem ainda não sentiu isso?

Beijos e carinhos, minha querida!
Inês

rui disse...

Oi Iana boa noite.......
Vim agradecer a sua visita e seu comentario......
É sempre bom se ler que alguem gosta daquilo que colocamos
O seu blog tambem é bastante bonito e gostei da sua forma de escrever
De tudo que li até agora......gostei por isso adicionei tambem voce

Me despeco.....lhe desejo tudo bom para Si
...um beijo fique bem
Rui

Pelos caminhos da vida. disse...

Como fico feliz qdo te vejo Pelos Caminhos da Vida.

Já estou bem melhor, a dor graças a Deus passou, mas foi brava, hoje estou aproveitando para visitar os amigos, ah... como senti saudades de vcs, de seus cantinhos, como me faz bem estar aqui de volta com pessoas que só me fazem bem, meu muito obrigada amiga pelo seu carinho, pela sua presença mesmo enqto estive ausente, vcs não imaginam o bem que me fazem, amo todos vcs.

Um gde abraço.

beijooo.

Rosinha disse...

Iana, que lindo seu lugar! Aqui tem intensidades em todos os sentidos. Linda Ines de DOIS RIOS tem toda razão quando diz....
" A sua poesia é uma súplica. Um lamento. Uma dor que grita no silêncio e no vazio de uma ausência.
Como é triste perder um amor, meu Deus! Quem ainda não sentiu isso?"

Temos afinidades. Valeu D+. Bom saber que se sentiu a vontade lá em csa. Volte sempre, será sempre bem vinda.
Xero na alma.
Virei sempre.

Daniel Savio disse...

Te pessoas que nos fazer crer que ele sejam parte de nossa alma, por isso quando se distancia, doe tanto...

Fique com Deus, menina Hana.
Um abraço.

Moonlight disse...

Olá amiga,

Vim conhecer-te um pouco,conhecer o teu cantinho lindo.
Maravilhoso o que escreves.
Prometo que sempre que me for possivél te visitarei e comentarei.entretanto,nesta corrida do meu tempo deixo para si...

Bjs cheios de luar

P:S.Estou mais tempo no MOONLIGHT!

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga Iana, também escrevi sobre a partida... coincidência...
Gostei do seu poema. Muito bonito, apesar da morte anunciada do amor.
Beijos.

C Valente disse...

muito bonito
Saudações amigas

sérgio figueiredo disse...

Partiu, mas permanece com a grandiosidade do teu sentir.
Dás cor a um sentimento, já de si, colorido com a chama que aquece o coração, fruto de um saber o que é Amar. E tu, conjugas esse saber, esse sentir, com as palavras que escreves no modo mais bonito...a Poesia.

bj...nho

A.S. disse...

Iana... vim reler-te, rever-te e deixar um beijo!
AL

Secreta disse...

Lindisseimas palavras de amor e paixão!

poetaeusou . . . disse...

*
não partiu,
está no teu sentir,
porém,
amanhã é outro dia,
e novas rosas voltam sempre,
sem espinhos, talvez . . .
,
amiga
rosadas conchinhas,
ficam,
,
*

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui.
um texto de intensidade amor e paixão.
Um feliz final de semana pra vc.
Maurizio

Multiolhares disse...

porte será que a felicidade sempre de alguma forma parte,a dor fica, as saudades estilhaçam as memorias.
por vezes não encontramos as respostas e isso também doi

beijinhos minha querida

Déya... disse...

minha rosa querida tem um mimo de natal pra vc..